Ana Tomich Design de Joias

Designer de Joias Personalizadas

Fale comigo

Faça parte dos queridinhos da Ana Tomich! Receba conteúdos exclusivos, cheios de histórias e amor!



História de Afeto – Renata e Felipe: Da amizade, nasceu um grande amor!

 

“sim, ele demorou 7 meses pra me dar um beijo! Hahaha!”

Reh (Renata) sempre soube quem era Brás (Felipe) porque suas amigas paqueravam amigos dele. Mas ele não a conhecia! Até que num show de Zezé Di Camargo e Luciano se viram pela primeira vez!  – “Eu estava com um vestidinho vermelho. Cumprimentei ele pelo apelido (“Oi Brás!”) e nossos amigos em comum. Ele não entendeu nada (“Quem é essa de vestidinho vermelho me cumprimentando pelo meu nome?”).

Depois do primeiro encontro, passaram a se encontrar sempre nas festas, com a turma de amigos sempre reunida!

 “Muitas conversas, muitas paqueras (por parte dele é claro rs…), muitas ligações e encontros (saíamos algumas vezes para almoçar, lanchar, jantar, cinema)! Eu sempre com a intenção de amizade (a pessoa mais linda de coração que alguém pode conhecer!) e ele sempre com intenção de me dar umas bitoquinhas (mineirinho come quieto, rs!)! Nunca passou pela minha cabeça ficarmos juntos!”

E é aquela história que já falei várias vezes por aqui, que nós não sabemos de nada, não sabemos o que é melhor! Existe Alguém muito maior que tudo isso e que rege nossa vida perfeitamente! E foi aí que Deus resolveu agir, já que Reh não estava prestando atenção nos sinais.

Primeiro beijo = Paixão! 

Na semana santa fecharam uma casa em Escarpas do Lago com grandes amigos! Reh e Brás foram os organizadores da casa. Fecharam também algumas festas para o feriado. Voltando da primeira festa (que não tinha pintado clima nenhum entre eles – (“Eu, ficar com o Brás? Tá doido? Ele é só meu amigo!”) às 06:00hs, na van, aconteceu o primeiro beijo. Inesperado e muito desejado por ele até então! Inesquecível pra Reh, que ficou perdidamente apaixonada naquele instante!

“Já podia dizer que éramos apaixonados pelo jeito de ser um do outro “como amigos” e o beijo veio selar o elo desse amor que surgiu durante 7 meses de amizade (sim, ele demorou 7 meses pra me dar um beijo! Hahahaha! ). Como a afinidade já era tremenda entre nós dois, grudamos desde então e assim permanecemos até hoje!”

O pedido

Diferente do primeiro beijo (que demorou 7 meses para rolar), o pedido de casamento foi rapidinho, com 6 meses de namoro!

Eles moravam longe um do outro, 260km de distância. A saudade era grande durante a semana. E todo fim de semana um ou outro pegava estrada e era muito desgastante, mas ao mesmo tempo muito gratificante! E essa vontade de estarem sempre juntos, fez com que em menos de 3 meses de namoro, em uma viagem para Gramado/RS, começassem a falar de casamento!

Tudo começou numa vinícola no Sul! Mostraram a eles alguns “rótulos” de vinhos e espumantes personalizados. Adoraram a ideia dos rótulos e já reservaram os vinhos e espumantes para a festa de casamento! – “Parece loucura, mas a certeza no nosso coração que iríamos realmente nos casar era grande, pois esse amor sempre foi escolha de Deus, não nossa!

Após essa viagem, o Brás (que já era muito amigo meu e do Vini) me procurou para fechar o anel de noivado! Mas não era um anel qualquer para cumprir protocolo! Era um anel que significasse tudo o que sentiam um pelo outro: FIDELIDADE E AMOR ETERNO (daí a escolha da pedra ser água marinha).

O pedido aconteceu no Natal de 2015, reunidos com a família da Reh! Inusitado e inesperado! Por ser muito tímido, Reh jamais imaginou que Brás faria o pedido na frente da família toda! Ele disse: Este é o primeiro Natal que passo longe da minha família, mas ao mesmo tempo é o primeiro Natal que passo com esta minha nova família. Karlinha (mãe da Reh), Cassimiro (pai) e Gui (irmão), vocês me deixam casar com a Reh ?”

Imagina a felicidade que foi para a família essa notícia! Um Natal abençoado! Realmente Deus já tinha preparado tudo!

O casório! Ops… os casórios!

O dia do casamento da Reh era um sonho antigo dela! Ela já sabia exatamente o que queria, todos os detalhes!
Sonhava acordada pensando em como seria! De seu sonho, o casamento passou também a ser o sonho do Brás!

Eles se casaram 3 vezes: no civil, no religioso e depois numa celebração para amigos e familiares! Sobre o casamento religioso, a Reh tem um depoimento que me emociona:

“Um dos momentos mais marcantes nesta jornada de preparação do casamento foi graças a Ana e o Vini, nossos queridos amigos, que já estavam mais que inseridos na nossa vida social! Eles foram nos encontrar após o curso de noivos que eles estavam fazendo para nos entregarem nossas alianças (nosso noivado seria 2 semanas antes do casamento dos dois!). Eles estavam radiantes! Eu e o Brás sentimos o quanto Deus estava presente na relação deles! Extasiados, eles nos indicaram fazer o curso de noivos na Igreja Mãe Rainha. Naquele dia, senti que a Ana e o Vini formavam um casal que eu queria pertinho de mim e do Brás para sempre. Um casal modelo. Um casal que tem os mesmos princípios e valores que os nossos. Marcamos o nosso curso de noivos onde Vini e Ana indicaram e convidamos Jesus para o nosso casamento! Nosso convidado de honra! O convidado que desde então nunca mais foi embora das nossas vidas! O curso de noivos foi um divisor de águas na nossa vida conjugal. Já tínhamos as melhores intenções um com o outro, mas faltava a sustentação, o bálsamo… faltava Jesus!”

Eles se casaram no dia 06/05/2017 no religioso, perante a família! E o dia 13/05/2017 foi o dia escolhido para celebrar a união com os amigos e familiares! Não se trata de uma data qualquer! Foi escolhida a dedo: dia de Nossa Senhora de Fátima! O lugar também: Escarpas do Lago, onde o amor começou. A atração da festa também: A Liga – a mesma atração que estava tocando na primeira festa que passaram juntos como homem e mulher naquela semana santa.

Mas e quem celebrou? Minha gente! Vini e eu celebramos! Que sensação incrível tivemos com esse convite! Por sorte, já tínhamos celebrado um casamento uma vez (o de Brenda, minha irmã)! Mas agora era uma nova história, uma nova emoção! Muita responsabilidade e ao mesmo tempo um grande privilégio e muito orgulho em poder fazer parte da vida de um casal que a gente ama e admira muito, de uma forma eterna. Não tem como apagar a gente da história deles num momento tão lindo e especial! Ficamos MUITO honrados!

“Óbvio que tinham que ser eles: Vini e Ana, os responsáveis por nos indicar o curso de noivos! O nosso divisor de águas, o que mudou nossa visão sobre o casamento ter que ser a 3: entre HOMEM, MULHER E  DEUS! A Ana e Vini que nos deram um dos presentes mais lindos de casamento: entender a importância da presença de Jesus no casamento!”

Quanto aos outros detalhes da festa, Deus providenciou tudo (e CAPRICHOU!). Que noite! Que energia!

Reh e Brás, vocês já estão cansados de saber tudo que Vini e eu pensamos de vocês e da história linda que construíram, embasada numa amizade tão gostosa! Amamos vocês demais, essa amizade sincera e torcemos muito pela felicidade de vocês… sempre! Deus continue abençoando, protegendo e guiando cada passo dado a dois!

E nunca se esqueçam que existe lá no céu, ao lado de Jesus, uma estrelinha muito especial emanando muita luz pra vida de vocês! E assim será sempre! #NandinhaSapeca

Gostou? Comente abaixo:

×

Oi, tudo joia? Aqui é o Vini.
Vai ser um prazer te ajudar e fazer parte da sua História.
Envie uma mensagem com sua solicitação/dúvida e assim que possível responderei.

× Deixe a gente fazer parte da sua História!